Governo anuncia iniciativas para agilizar o acesso aos serviços de saúde no país

 Governo anuncia iniciativas para agilizar o acesso aos serviços de saúde no país

Divulgação

“Muitas vezes o povo precisa de orientação porque esse povo mais pobre, mais periférico, mais longínquo das capitais sofrem” afirmou o presidente Lula

O Governo Federal anunciou iniciativas para agilizar o acesso aos serviços de saúde no país. O programa Mais Acesso a Especialistas tem como objetivo ampliar a oferta de atendimento, incluindo o uso telessaúde, um sistema de prestação de serviços de saúde à distância por meio de tecnologias de informação e comunicação. 

Segundo o Ministério da Saúde,  o novo programa vai permitir um diagnóstico mais ágil e o tratamento adequado. O ponto inicial de atendimento continua sendo os postos de saúde. O lançamento do programa ocorreu na manhã desta segunda-feira (8/4), no Palácio do Planalto, com a participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da ministra da Saúde, Nísia Trindade. 

O novo modelo prioriza o paciente e suas necessidades, reduzindo deslocamentos e integrando exames, consultas e acompanhamento da saúde. As Equipes de Saúde da Família, nas Unidades Básicas de Saúde próximas às residências das pessoas, terão seus cadastros revisados para garantir atendimento de qualidade, estabelecendo vínculos com os pacientes e realizando um acompanhamento territorial adaptado às necessidades locais.

A ministra da Saúde ressaltou a importância do monitoramento ativo das ações, destacando o papel do SUS Digital na avaliação e integração dos serviços. A meta é alcançar uma cobertura de 80%, enfatizando sempre a qualidade do atendimento.

Durante o evento, o presidente Lula também enfatizou a importância da vacinação, especialmente para comunidades mais carentes e distantes das capitais. Ele mesmo “Muitas vezes o povo precisa de orientação porque esse povo mais pobre, mais periférico, mais longínquo das capitais sofrem” afirmou o presidente Lula, que tomou a vacina contra a gripe durante o evento, no Palácio do Planalto. “Com a vacina a gente não vira jacaré, com a vacina a gente evita de pegar doença que pode matar pessoas”, frisou Lula. 

Digiqole Ad

Relacionados