Conta de luz será mais cara em julho: Aneel define bandeira amarela

 Conta de luz será mais cara em julho: Aneel define bandeira amarela

Foto de stocker em Freeimages.com

O acréscimo será de R$1,88 a cada 100 kW/h consumido

Durante o mês de julho o consumidor precisará ficar mais atento ao uso de energia elétrica. Isso porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) definiu que a bandeira tarifária será amarela em razão de condições menos favoráveis para geração de energia no país. Desse modo, a conta de luz terá o acréscimo de R$1,88 a cada 100 kW/h consumido.

A alteração foi feita em razão da previsão de chuvas abaixo da média até o final do ano e pela expectativa de crescimento da carga e do consumo de energia no mesmo período. “Esse cenário de escassez de chuvas, somado ao inverno com temperaturas superiores à média histórica do período, faz com que as termelétricas, com energia mais cara que hidrelétricas, passem a operar mais”, explica a agência. 

Segundo a ANEEL, a bandeira da conta de luz não era alterada desde abril de 2022 e, ao todo, foram 26 meses com bandeira verde. O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 pela ANEEL com o objetivo de indicar aos consumidores os custos da geração de energia no Brasil. O custo leva em consideração fatores como a disponibilidade de recursos hídricos, o avanço das fontes renováveis e o acionamento de fontes de geração mais caras, como as termelétricas. O sistema conta com três cores. A bandeira verde indica condições favoráveis de geração de energia e a tarifa não sofre nenhum acréscimo; a bandeira amarela tem condições de geração menos favoráveis; a bandeira vermelha – Patamar 1 indica condições mais custosas de geração e a bandeira vermelha – Patamar 2 tem condições ainda mais custosas de geração.

Com o acionamento da bandeira amarela, confira algumas dicas de como economizar energia: 

  • Deixe eletrodomésticos e aparelhos eletrônicos fora da tomada se não estiverem sendo usados;
  • Não deixe o chuveiro ligado por muito tempo;
  • Ao sair de um cômodo, apague a luz;
  • Não fique com a TV ligada sem estar usando;
  • Durante o dia aproveite a luz natural do ambiente;
  • Lâmpadas LED consomem bem menos energia do que as incandescentes e fluorescentes
Digiqole Ad

Relacionados