Conta de água ficará mais cara a partir de amanhã (10/05)

 Conta de água ficará mais cara a partir de amanhã (10/05)

O reajuste de 9,56%, afetará 28 milhões de pessoas no estado de São Paulo

A partir desta quarta-feira (10), a conta de água ficará mais cara no estado de São Paulo. Os clientes da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) sofrerão com o reajuste de 9,56% na cobrança da conta de água. Atualmente a Sabesp atende 370 cidades do estado de São Paulo, incluindo a capital paulista. 

A alteração foi autorizada ainda em abril pela Arsesp (Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado de São Paulo). Segundo a Arsesp, os principais fatores levados em consideração para o reajuste foram a Revisão da Tarifa Orçamentária, que teve aumento de 4,9% e o reajuste de 5,25% do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

O aumento no valor da conta de água será válido para estabelecimentos residenciais, comerciais, industriais e públicos. A Arsesp fez uma simulação sobre o aumento financeiro na conta de água, considerando o consumo de 10³ (metros cúbicos).

  • R$ 20,42 para R$ 22,38, na categoria residencial social 
  • R$ 65,44 para R$ 71,70, na categoria residencial normal 
  • R$ 131,40 para R$ 143,96, nas categorias comercial, industrial e pública

Em abril, o governador do Estado, Tarcisio de Freitas, contratou uma consultoria internacional para realizar estudos que vão embasar a privatização da Sabesp. Ação que foi uma das suas promessas de campanha. Porém declarou que desistiria da ideia, caso a empresa fosse lucrativa. Em 2022 a Sabesp registrou aumento de 35% de lucro líquido, chegando a R$3,1 bilhões. 

Digiqole Ad

Relacionados