Hoje (05) é comemorado o Dia da Amazônia

 Hoje (05) é comemorado o Dia da Amazônia

Crédito: Ibama

A Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, ressaltou a queda de 42% no desmatamento do bioma amazônico nos primeiros sete meses de governo.

Nesta terça-feira (05), é comemorado o dia da Amazônia, data de criação da Província Amazônica pelo Imperador Dom Pedro II, em 1850.

A Amazônia é um dos patrimônios naturais mais valiosos de toda a humanidade, além da maior reserva natural do planeta e maior bioma do Brasil. Com sete milhões de quilômetros quadrados, corresponde a 49,29% do território brasileiro e abrange nove estados: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Tocantins e parte do Maranhão e do Mato Grosso.

A Amazônia é fundamental para o equilíbrio ambiental e climático do planeta. Importante fonte de biodiversidade da fauna brasileira, com cerca de 400 mamíferos e 1.300 aves em toda a região. Além disso, possuem cerca de 40 mil espécies de plantas diferentes, e os rios amazônicos constituem a maior bacia hidrográfica do planeta, lançando ao mar aproximadamente 175 milhões de litros de água por segundo.

Em sessão de homenagem ao Dia da Amazônia, a ministra do Meio Ambiente e Clima, Marina Silva, ressaltou a queda de 42% no desmatamento do bioma amazônico nos primeiros sete meses de governo.

Maria Silva afirmou ainda que houve estabilização do desmatamento no Cerrado, que estava em tendência de alta, e redução de mais de 50% no desmatamento na Mata Atlântica. Segundo a ministra, essas conquistas são fruto de “muito esforço”, como o aumento de quase 200% na capacidade de fiscalização dos órgãos ambientais.

No entanto, Marina Silva sustentou que o objetivo do governo não é apenas combater queimadas e desmatamentos, mas criar um novo modelo de desenvolvimento.

“O que nós queremos não é apenas fazer com que haja redução do desmatamento por ação de comando e controle do Ibama [Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis], da Polícia Federal e dos órgãos ambientais. Nós queremos é um novo modelo de desenvolvimento sustentável, que considere a bioeconomia, que respeite as populações locais.”

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Digiqole Ad

Relacionados