A melhor receita de Focaccia, prato típico europeu

 A melhor receita de Focaccia, prato típico europeu

Crédito: Arquivo Pessoal

Olá pessoal! Bora pegar nossos passaportes virtuais e fazer uma viagem deliciosa? O embarque será no aeroporto internacional de Paraisópolis. Busque o portão de embarque na sua imaginação com destino a Itália, mais precisamente, Gênova. Vamos atrás da melhor receita de Focaccia, prato típico europeu que não se sabe direito se foi criado na Itália ou na Grécia, mas sua popularidade caiu na conta dos italianos. 

A maioria dos historiadores acredita que se originou com os etruscos do centro-norte da Itália antes da formação do Império Romano, ou na Grécia Antiga no início do primeiro milênio a.c.

Focaccia é uma espécie de pão achatado que nada tem a ver com o criado no oriente médio, que era feito sem fermento, aquele que chamamos de Pita ou pão sírio. Muitos a comparam a uma pizza, mas sua textura e sabor não chegam nem perto. Encontramos receitas parecidas vindas da Turquia, Grécia, França e Espanha.

Uma receita versátil que pode ser consumida no desjejum (café da manhã), no lanchinho da tarde ou até com uma boa taça de vinho ou uma cerveja bem gelada.

Por conta dessa versatilidade, você pode dar a ela a sua cara! Na receita mais tradicional ela ganha uma cobertura feita apenas com azeite, sal grosso e alecrim, mas como viajou mundo afora, ganhou inúmeras roupagens, como: tomates cereja e manjericão, parmesão com alho, linguiça calabresa e alecrim, aliche, cebolas carameladas, entre outras. 

A minha, resolvi fazer uma obra de arte e, devo dizer, que todos ficaram até com dó de comer. Mas não economize na criatividade e faça com o que tem na geladeira e no armário e ouse no uso de aromáticos como tomilho, salsa em ramos frescos, chimichurri e etc. Vamos a receita? 

Crédito: Arquivo Pessoal

Receita Focaccia 

Ingredientes

300g de farinha de trigo

150 ml de água

½ envelope (5g) de fermento biológico em pó

1½ colher (sopa) de açúcar

1 colher (chá) de sal

¼ de xícara de azeite de oliva

Sal grosso a gosto

Cebolinha, salsinha, cebola roxa em rodelas, azeitonas em rodelas, tomates-cereja e pimentão para decorar

Modo de fazer: 

Misture 2 colheres (sopa) de farinha de trigo com o fermento, a água e o açúcar. Mexa rapidamente. Deixe descansar por cerca de 15 minutos. Feito isso, junte o sal, o azeite e vá colocando o restante da farinha aos poucos, misturando sempre. A massa deve ficar um pouco mole e pegajosa – é assim mesmo. Cubra com um pano limpo e deixe descansar por cerca de 45 minutos – ou até dobrar de tamanho. Unte uma forma de 20cm x 25cm com azeite e acomode a massa no fundo. Esparrame bem, para preencher os espaços, e deixe descansar por mais 20 minutos. (faça isso com os dedos, não use rolo)

Aqueça o forno a 180ºC. Depois de crescida, faça buracos com a ponta dos dedos, de modo a ficarem covinhas que serão preenchidas quando você regar com azeite.

Use os ingredientes restantes para criar as flores, árvores e o que mais a imaginação permitir, pressionando-os levemente sobre a massa apenas para não saírem do lugar.

Polvilhe sal grosso e regue com um fio de azeite. Leve para assar, em forno preaquecido, por cerca de 30 minutos. Cuidado para não torrar, uma vez que a massa é bem fininha. 

Nota: a forma de fermentação descrita na receita é pelo método indireto, ou seja, fazendo a esponja para ativar o fermento, mas na pressa, já fiz pelo método direto, com o fermento direto na farinha e ficou boa também. Então, veja como está o seu tempo e mãos à obra! Essa receita é um sucesso. Arrase! 

@monicafariabr

Digiqole Ad
 | Website

Bailarina, produtora de eventos e chefe de cozinha. Atua em Paraisópolis há 11 anos desenvolvendo diversas atividades voltadas à gastronomia.

Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *