É da Amazônia que virá a salvação sustentável para o nosso planeta

 É da Amazônia que virá a salvação sustentável para o nosso planeta

Ao iniciar a segunda metade do ano de 2022, o aplicativo de celular “Jungle Boat”, criado por meninas da periferia de Belém do Pará em conexão com meninas TechnoGirls de São Paulo e Minas Gerais, ganha destaque internacional ao ficar entre as oito melhores ideias de tecnologia e inovação do mundo, pelo concurso Technovation Girls dos E.U.A. Bárbara Chagas e Flávia Paiva da baixada do Jurunas, Luanny Teles da Ilha do Combú, Ana Eliza de São Paulo e Juliana Pitol de Minas Gerais, foram indicadas pela CHRO – Chief Human Resources Officer. A mineira Gabriela Prado, receberam mentoria do professor de robótica Bruno Ricardo da CTO – Chief Technology Officer e COO – Chief Operating Officer para desenvolverem o produto mínimo viável (MVP). A aplicação estará pronta para inovar em tecnologia no primeiro semestre de 2023, gerando valor, e escalando com baixos custos e pouca burocracia. O “Jungle Boat” com pouco mais de 7 meses de pesquisas e planejamento em Design Thinking está sendo acelerado pela empresa Dogo Maker no Estado do Pará.

São mais de 7 milhões de ribeirinhos em toda Amazônia brasileira e mais de 35 mil famílias somente no estado do Pará, usam os rios para as mais variadas necessidades cotidianas, o app causará impacto social nas áreas de educação, saúde, capacitação profissional e principalmente no empreendedorismo de bionegócios, pois atualmente não existe um transporte adequado com qualidade, comodidade e pontos variados de acesso para aqueles que fomentam a bioeconomia na região norte do país. O “Jungle Boat” contribuirá para geração de milhares de empregos e aumento da renda para microempreendedores ligados à OCAS ong, chefes de família que durante a pandemia passaram fome e sofreram com o descaso da falta de políticas públicas em relação ao acesso aos rios. A promoção do serviço do aplicativo nacional e internacionalmente será com a ajuda de “investidor anjo” e prevê dois modelos principais de negócio para a empresa JBMF (jungle boat mobilidade fluvial), o Business to Business (B2B) e o Business to Consumer (B2C), com proposta de venda de ações em equity pelo G10 Bank para os interessados. Além de proporcionar a marca como inovadora dentro da área de tecnologia na Amazônia, o app tem uma aba especial para apoio aos projetos sociais da OCAS ong, o qual os usuários barqueiros, ribeirinhos, turistas e empresários interessados em logística de agroprodutos da Amazônia poderão contribuir com os projetos socioambientais.

Estamos em nosso melhor momento, com empreendedores de comunidades potentes, graças ao apoio e empoderamento dos líderes do G10 Favelas e todo exemplo que Paraisópolis tem nos dado desde a pandemia.

Digiqole Ad
Renato Rosas

Biomédico, doutorando em naturopatia, cantor, compositor, diretor da Organização Comunitária de Adesão Social - Ocas realiza projetos de impacto socioambiental, cujo propósito é usar a arte para transformar a vida das pessoas.

Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *