Comunidade de Paraisópolis (SP) recebe abertura de evento de moda

 Comunidade de Paraisópolis (SP) recebe abertura de evento de moda

O evento, que faz parte de uma iniciativa internacional, marcou o início da Semana Fashion Revolution no Brasil.

A abertura da Semana Fashion Revolution aconteceu neste sábado (22/04), em parceria com a marca Costurando Sonhos Brasil e Instituto Brasileiro de Moda. O evento busca orientar as pessoas sobre o consumo consciente da moda. A programação contou com rodas de conversa que abordou temas como inclusão, democratização, empregabilidade e ativismo na moda. Além da exposição de coleções de peças de roupas de estilistas locais.

A semana de moda é um evento mundial, no Brasil estão acontecendo 600 atividades gratuitas, com objetivo de estimular as potências do setor. O Instituto Fashion Revolution trabalha para que a produção de roupas seja feita de maneira limpa, segura, diversa e justa. Trata-se de um movimento global, que busca restaurar e conservar o meio ambiente e valorizar as pessoas que produzem as peças de roupa.

Fernanda Simon, diretora do Instituto Fashion Revolution, durante o evento, falou sobre a relação entre moda e questões sociais: “A indústria da moda é uma das que mais tem mulheres em situação de vulnerabilidade de trabalho”, disse. “A partir da costura, essas mulheres podem ter uma vida mais digna, se esses empregos forem gerados da maneira correta. É importantíssimo que a moda tenha essa responsabilidade”, completa Fernanda.

A abertura do evento em Paraisópolis, segunda maior favela da capital paulista, se deu graças a parceria com o Costurando Sonhos Brasil, um empreendimento que capacita mulheres em vulnerabilidade social, para conquistar independência financeira através da costura. A marca nasceu para acolher e empoderar mulheres vítimas de violência doméstica, através de oficinas de corte e costura. As mulheres aprendem um novo ofício, e criam uma nova perspectiva profissional, costurando peças básicas de roupa, uniformes e ecobags. 

Gy Oliver, participante do projeto, fala um pouco sobre a experiência: “O curso tem aberto muitas portas, profissionalmente tem me abrindo um leque. A cada dia tenho aprendido muito mais”, revela Gy.

“Estamos bem felizes de trazer essa discussão da moda sustentável para dentro da favela. Aqui estão as costureiras, as pessoas que podem se aproveitar da moda sustentável”, disse Suéli Feio, diretora e idealizadora do Costurando Sonhos Brasil. “O Fashion Revolution é sobre moda, mas também é sobre as pessoas, é sobre como se relacionar com as pessoas que constroem esse rolê do universo da moda”, completa.
A Semana Fashion Revolution vai até o próximo sábado, dia 29/04. Outras informações estão disponíveis no Instagram instagram.com/fash_rev_brasil/.

Digiqole Ad

Relacionados